destaque

destaque
1 de nov de 2011

O QUE SERÃO ELAS SENÃO VOCÊ



Existem manhãs que eu acordo com um sorriso no rosto e achando que o Sol está brilhando um amarelo diferente de antes. Não é um amarelo qualquer, daquele que irrita as vistas. É um amarelo de sorvete de flocos, de resto de massa de bolo que a mãe deixa raspar.


Existem tardes que eu me sinto em movimento, mas não é aquele movimento que cansa as pernas e faz suar, de mochila pesada, de correr da chuva. É daqueles de processo de viagem, testa escorada na janela e ansiedade de se chegar.

Existem noites que eu me deleito com o vento e o frescor, mas não é do tipo de fazer bater queixo e visitar a sessão suéter, bota, jaqueta. É daquele frio de emoção à flor da pele, de pular bem alto, de roda gigante, equilibrista de circo.

As manhãs, as tardes e as noites se fundem e criam uma vida inteira
E o que será ela senão você
E existem madrugadas que eu só faço sonhar. 


 Ilustração: The January Century Magazine LXVII No. 3 (London: MacMillan and Co. LTD, 1904) 82 Keywords: pen, writing utensil, pencil, ink pen, hand, hold

1 comentários:

Santiago Régis at: 1 de novembro de 2011 15:35 disse...

É o texto mais bonito da minha vida <3

Postar um comentário